"PORQUE ONDE ESTIVER O TEU TESOURO, ALI ESTARÁ O TEU CORAÇÃO". Mt 6,21

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Uma lenda oriental

Esta lenda é antiqüíssima. É uma lenda, de acordo, mas significa muito para nós, porque relata os sentimentos dos primeiros cristãos em relação a Cristo e a sua mãe.

Maria e Jesus caminhavam, numa tardinha de maio, por uma estrada da Galiléia. Entre as flores dos prados foi visto um belíssimo lírio.
- Jesus, você gosta deste lírio?
Jesus olhou a Virgem nos seus olhos de estrela, e disse:
- Eu conheço um Lírio bem mais bonito.
Continuando o caminho, aproximaram-se de uma fonte de água.
- Jesus, quer beber desta água límpida?
O Menino olhou sua Mãe novamente nos seus olhos do céu, e disse:
- Eu conheço uma fonte de água, bem mais pura.
Onde estava, Maria, não sabia.
O sol tinha tramontado. Durante a noite, a Virgem na casinha de Nazaret, sonhava aquele lírio, e aquela fonte que somente Jesus conhecia.
De manhã cedinho, Ela está de pé, com o Filho entre os braços.
- Jesus vê aquela Aurora belíssima que surge longe?
- Mas eu conheço uma Aurora bem mais bonita.
- Diz-me, Jesus, onde está aquele Lírio, onde está aquela Fonte, aquela Aurora, que somente tu conheces?
E Jesus, lançando seus pequenos braços ao pescoço de sua Mãe e apertando-a, diz:
- “Mamãe, é você”.

Não é possível amar a Cristo e ao mesmo tempo não amar a quem Ele amou por toda a vida: Maria.

Frei Battistini