"PORQUE ONDE ESTIVER O TEU TESOURO, ALI ESTARÁ O TEU CORAÇÃO". Mt 6,21

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Somos Evangelizadores na Música...




O Pelotão de Frente


Nós somos evangelizadores na música; por isso estamos sujeitos a tantas tentações. Podemos dizer que somos o pelotão de frente como foi no Antigo Testamento o povo de Judá diante de uma multidão numerosa e mais equipada que o seu exército. Mas a tática do rei Josafá que deu a vitória ao povo de Deus foi justamente colocar à frente de seu exército o ministério da música. Os cantores iam à frente cantando e louvando ao Senhor.

Não possuíam escudos ou espada, apenas sua melodia.

O rei fez questão de colocar os músicos e cantores à frente da batalha, no lugar mais perigoso, um lugar de morte certa. (2Crônicas 20,15; 20-22).

O ministério da música é o pelotão de frente no exército de Deus, é quem marcha à frente do exército de Deus para abrir as fileiras do adversário. É por este motivo que agora entendemos por que quem serve a Deus na música é mais atacado, sofre mais pressões, mais flechadas. O primeiro alvo dos ataques do adversário são os músicos e cantores do Senhor, porque é exatamente a música que faz o exército marchar confiante. É a música que abre as fileiras do inimigo para o exército destruí-lo com suas armas.

Esta guerra não pertence a nós, mas a Deus, é dele. Nesta guerra Ele quis colocar a música à frente. Devemos pois, ser aqueles que vão como pelotão de frente, mas conscientes de que a força vem de Deus, a batalha pertence a Ele. No entanto precisamos estar dispostos a morrer para nós mesmos, que ajamos de acordo com os principais soldados que somos ao ministrarmos a música divina.

Não adianta nada pertencer ao pelotão de frente sem que se tome consciência de que não são nossas forças humanas que o Senhor quer, mas Sua vontade é que dependamos do poder que desce do céu. Como sabemos o resultado desta batalha foi a derrota do exército sírio. Mas, como disse Judas, encorajando o povo: “Preparai-vos, sede corajosos e estai prontos desde a manhã para combater as nações que estão unidas para nos arruinar, a nós e tudo o que possuímos de sagrado”; (1Mc 3,58-59).

Deus nos dá condição de defendermos o que é sagrado, de avançarmos contra as trevas com as armas da luz. Nossa batalha principal é que se instaure no mundo o reino de Deus . Quem pertence ao “batalhão de frente” tem de pedir a força que vem do alto para resistir a tudo, a todas a dificuldades que porventura aparecerem, e aparecem.

No entanto toda esta marcha só terá sentido na obediência. Não se deve obedecer quem não obedece. Se o pelotão de frente não obedece seus superiores, deve ser abandonado na linha de batalha para que se extinga, pois ele está a serviço do batalhão que o acompanha e não o contrário. Não é o pelotão que dá as ordens, ele apenas obedece ao General e abre as fileiras do inimigo para que seja realizada a obra de Deus.

O ministério de música está a serviço da Igreja, ele não vive por si só, não pode estar desconexo com os outros serviços organizados da Igreja.

Renovemos pois nosso compromisso diante do Senhor dos Exércitos para que Ele seja glorificado pelo nosso trabalho ao qual nos convidou e confiou!
 

Um comentário:

Sinais no Mundo... disse...

Parabéns por este rico espaço acolhedor com bonitos frutos de Espiritualidade.

Convido-vos a Visitar Santa Maria de Scala Coeli...