"PORQUE ONDE ESTIVER O TEU TESOURO, ALI ESTARÁ O TEU CORAÇÃO". Mt 6,21

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Fé cristã e experiência de pré-morte...

A doutrina cristã sempre ensinou que a vida do homem não termina com a morte e que esta é a passagem para outra forma de vida.
Era verdade puramente religiosa, anunciada desde o Antigo Testamento e confirmada por Jesus.Estudos recentes sobre situações limites do homem, nos Estados Unidos e na Europa, como a experiência de pré-morte*, constatam que a morte é passagem gostosa para outra forma de existência.Em geral as pessoas que viveram esta experiência não querem retornar à vida anterior e, não raro, repreendem os médicos que as fizeram retornar, pois se sentiam em situação muito melhor. Isto, porém, não ocorre com os que viveram tal estado por tentativa de suicídio: estes se sentem angustiados e querem retornar.

As narrações das recordações dessas pessoas coincidem em alguns pontos, como segue:
1º) Abandono do corpo (26%).
2º) Exata percepção visual (23%).
3º) Sons e vozes muito distintos (17%).
4º) Sensação de paz e ausência de dor (32%).
5º) Fenômeno de luzes (14%).
6º) Exa
me da própria vida, filme da vida (32%).
7º) Encontrar-se em outro mundo (32%).
8º) Encontro com outras pessoas (23%).
9º) Passagem por túnel (9%).
10º) Percepção de fatos distantes ou futuros (6%).

Para os cristãos esses novos conhecimentos reafirmam a certeza, que já tínhamos pela fé, de que a verdadeira vida não é esta, mas aquela que há de vir.Esta é apenas início, preparação, tempo de escolha para o que queremos viver por toda a eternidade.Agora vivemos no tempo, limitados pela matéria. Depois, estaremos fora do espaço e do tempo e teremos oportunidade de conhecer a Deus face a face, bem como toda a sua criação, que agora apenas contemplamos admirados.A fé cristã já ajudava o homem a responder aos questionamentos fundamentais da existência.
É consolador ver o futuro cheio de luz e felicidade, pleno de amor na presença de nosso Deus!
(Roque Brugnara)

2 comentários:

José Mariano disse...

* * *
Querida Irmã Iza Maria

Muito obrigado pela sua máxima compreensão e atenção.
Embora costume aconselhar calma e paciência ao outros, piedade e persistência, etc, por vezes também me surpreendo bastante triste e esmorecido, algo desiludido, sobretudo ao verificar que quanto mais leviana e frívola é uma pessoa, e em especial um 'cristão', mais êxito tem neste mundo (de provações e ilusões), e no caso de blogues 'cristãos' constato resultados semelhantes, com grande desgosto meu...

De facto, causa-me bastante estranheza e sofrimento notar que a maioria dos blogues católicos, em especial, parecem tudo menos católicos, apostólicos e romanos, pois muitos deles são não só contrários ou bastante críticos a vários dogmas da Santa Igreja (mesmo alguns dos considerados mais essenciais!), como ainda em relação ao Santo Padre - "o doce Cristo na Terra" -, assim como até no respeitante à livre interpretação (à velha e negativa maneira protestante) das Sagradas Escrituras, inclusive da própria Palavra (directa) de Deus, N. S. Jesus Cristo, nos Santos Evangelhos...

Fico tão chocado com tão estranhos e sacrílegos procedimentos, que por vezes não consigo ficar calado ou indiferente, por mais que me esforce...
E ainda mais quando são alguns dos próprios sacerdotes (que sempre deveriam ser 'outros Cristos') a terem tais atitudes dissidente, rebeldes, relativistas, heréticas...

Bem sei que também sou pecador, tendo ainda muitos defeitos, infelizmente, não me considerando por isso melhor do que ninguém, mas ao menos faço um esforço contínuo por ser fiel, tanto quanto possível, à Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica, ainda que por vezes com grande sacrifício, dadas as circunstâncias...

No entanto, rezo por todos os que não procedem assim (tal como por mim mesmo), e em especial por todos aqueles que têm comportamentos chocantes ou escandalosos, até porque ninguém está livre de, sem a Graça de Deus, lhe acontecer o mesmo ou ainda pior...

Reza por mim, Iza Maria, que eu também te encomendo nas minhas pobres orações.
E mais: Se alguma vez disser algo que tu mesma aches errado ou exagerado, desrespeitoso ou ofensivo, inclusive nalgum dos 'meus' blogues (que também são teus e de toda a gente), chama-me à devida atenção, por favor e por caridade. Combinado?

+ "Só Deus basta, e nada mais interessa"!

Aceita um abraço cem por cento cristão, extensivo à tua Família, por Jesus e Maria.
José Mariano
--

§ - Desculpe, Iza, tê-la tratado 'informalmente', sem querer.
Quando me faz uma visita por escrito a um dos blogues da minha responsabilidade?
Isso mesmo seria um honra para mim, naturalmente, já que me sinto, por vezes, tão solitário, quase como o D. Quixote a lutar contra os moinhos de vento, ou pelo menos quase sempre a remar sozinho 'contra a maré'...
Seria tão bom se a Igreja de Cristo fosse mais unida e solidária, e sobretudo mais humilde e caridosa, como tanto recomendou o Senhor Jesus!
J.M. / J.A.
---

Iza Maria disse...

Fique tranquilo, José Mariano, vamos deixar a formalidade de lado mesmo, afinal, somos irmãos e já temos trocado bastante mensagem... Sinta-se a vontade... e tudo o que escreveu é verdade mesmo, o que temos que fazer é rezar por todos, por nós e continuar a servir ao nosso Deus com todo o amor e fé que temos por Ele e pela Virgem Maria. Um afetuoso abraço, Iza.
Ah... uma coisa interessante a lhe contar: Quando pensei em fazer um blog, não pensei imediatamente num blog católico, pois a minha intenção era pôr tudo que tenho de Católico no Flor Lilás... Mas daí vi que não daria, que não ficaria, de modo algum, bem, misturar; isso poderia levar a más interpretações. Daí fiz o católico que disparou em visitas e logo superou o outro. agora, para sustentar os outros não é fácil... fico rindo sozinha... Jesus ganha todas as paradas! Mas, vou ainda pensar... O Flor Lilás tende a terminar e só manterei os de pensamentos e reflexões, pois sempre gostei disso. Além é claro do meu querido blog católico, das minhas maiores alegrias, que como vc bem disse, não nos pertence... fique com Deus!